Curtiss P-40

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Qui 20 Ago - 20:10:53











avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Qui 20 Ago - 20:18:29

avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Qui 20 Ago - 20:21:53






avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 7:52:52

avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 8:04:29







avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 8:17:44

Hawk 75-C1 No 82



Tomahawk IIB AK255



P-40B 41-13297



P-40C 41-13390



Kittyhawk I AK752



Kittyhawk I AK753



Kittyhawk I AK803






Kittyhawk I AK899



Kittyhawk I AK940



Kittyhawk I AK987



Kittyhawk I AL135



Kittyhawk I AL152



Kittyhawk I AL171






Kittyhawk IA ET730



P-40K-10-CU 42-10256



P-40M-10-CU 43-5795



P-40M-10-CU 43-5802






P-40N-5-CU 42-105927



P-40N-30-CU 44-7369



P-40N-35-CU 44-7619



P-40N-35-CU 44-7700



TP-40N 44-47923



Airwar '74



Chino Airshow 2005






Geneseo Airshow 2007
avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 8:19:47



Última edição por cineas em Sex 21 Ago - 8:56:32, editado 2 vez(es)
avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 8:22:16

avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 8:35:26

avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 14:07:48




avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 14:26:22

Curtiss P-39/P-40
HAWK


Em 1934, a Curtiss decidiu construir um caça com motor refrigerado a líquido, uma novidade em um país que fabricava motores refrigerados a ar. Era uma aeronave que estabelecia novos padrões para os americanos, mas quando foi comparado ao Spitfire ou a Bf-109, pagou o maior mico, sendo inferior em tudo, exceto em resistência e velocidade de mergulho. u.u

Assim como o Buffalo, esta aeronave nariguda era moderna na época de seu surgimento mas considerada ultrapasada quando do ataque à Pearl Harbor, e só foi à luta devido à falta de aeronaves mais adequadas. Mas diferente do Buffalo, o Hawk contrariou as expectativas e mostrou-se um adversário temível para o Eixo.

Antes mesmo da entrada americana no conflito, o P-40 já estava fazendo muita história, principalmente com o corpo de voluntários americanos na China, os legendários Tigres Voadores, que eram evitados pelos pilotos japoneses, mesmo os que pilotavam Zeros. Serviu bem como caça na Europa, onde também tornou-se apreciado como bombardeiro de mergulho.

Os Hawk serviram em todas as frentes durante a Segunda Guerra Mundial, e embora de fato fossem inferiores aos seus inimigos no combate aéreo, realizaram tanto quanto qualquer outro modelo aliado.

Ao lutarem de igual para igual contra os melhores caças japoneses e alemães no auge do poderio do eixo e permanecerem na linha de frente até os momentos finais da Segunda Grande Guerra, os Hawk garantiram seus lugares de honra entre os grandes aviões de combate da História.
avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 14:31:11

CONHEÇA OUTROS AVIOES QUE PARTICIPARM DA SEGUNDA GRANDE GUERRA:





Grumman F4F
WILDCAT





Projetado como biplano para dar continuidade à uma bem-sucedida série de caças monopostos, para porta-aviões, da Grumman, foi replanejado como monoplano de asa mediana, e embora tenha perdido a concorrência para o Buffalo, a Grumman insistiu no projeto, melhorando-o com um motor mais potente e, no início de 1939, recebeu encomenda de 100 para a Aéronavale, da França, seguida de mais 54 para a Marinha dos EUA, em agosto. Mas a esta altura ele já era considerado muito antiquado, e já haviam planos da marinha dos EUA para substituí-lo. Mas então, os japoneses atacaram, e sem que houvesse caças mais modernos disponíveis, o Wildcat foi á luta.

Os americanos planejavam utilizá-lo o mínimo possível a somente até que caças melhores fosse fabricados, mas os japoneses avançaram furiosamente e rapidamente, o que obrigou os americanos à lutarem defensivamente com todos os recursos e ânimos disponíveis. E assim, entre 1940 e o 1943, explodiram no Oceano Pacífico várias batalhas aeronavais decisivas e sangrentas, do qual o velho e desacreditado Wildcat emergiu como dono de explêndida reputação. Seu desempenho em combate superou as expectativas do mais otimista dos oficiais americanos, e não só enfrentou o temível Zero de igual-para-igual, como mostrou-se superior, abatendo 7 caças japoneses para cada perda sofrida.

Embora fosse superado pelo Zero em velocidade e maleabilidade, seu uso continuou intenso pela marinha até 1943 graças a sua maior capacidade de absorver danos em combate, graça à sua resistente blindagem, tanques de combustível auto-selados e um projeto muito robusto, que lhes permitia sobreviver aos tiros em maior quantidade do que seu poderoso mas frágil rival japonês.

O Wildcat também oferecia melhores condições de sobrevivência aos seus pilotos, graças aos seus instrumentos de navegação de bordo superiores, que lhes permitiam retornar aos seus porta-aviões em baixas condições de visibilidade e tempo ruim, com mais facilidade que o Zero. O vasto Oceano Pacífico, por sua vez, vitimou muitos dos pilotos japonses que não conseguiam retornar aos seus pota-aviões.

Até serem substituídos na Guerra do Pacífico pelos mais modernos F6F Hellcats e F4U Corsairs, os Wildcats tiveram o principal papel nos combates entre norte-americanos e japoneses como caças de ataque e defesa da Marinha e do Corpo de Fuzileiros na defesa da Ilha de Wake e em Guadalcanal, além das grandes batalhas aeronavais do Mar de Coral e de Midway, batalhas em que este velho caça sofreu bastante, mas ajudou a virar a maré da guerra à favor dos americanos. Os Wildcat destruíram até submarinos e um cruzador dos japoneses.

Ainda que tivesse operado em menor escala no Atlântico, os Wildcats britânicos (chamados de Martlet) também tiveram uma atuação brilhante, protegendo os comboios que levavam suprimentos para o Reino Unido e localizando (e às vezes, combatendo) submarinos e navios de patrulha alemães.

E quando os novos caças finalmente começaram a estréiar a partir de 1943, os Wildcats já haviam feito a maior parte do trabalho, e embora os Hellcats e Corsairs fossem de fato muito superiores, não se mostrariam tão decisivos e nem contribuiriam tanto para a causa americana quanto o mais-que-lendário Grumman F4F, que àquela altura já havia garantido seu lugar entre as grandes aeronaves heróicas da Guerra do pacífico.
avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 14:33:03

Lockheed P-38
LIGHTNING




Em 1937, o Corpo Aéreo do Exército dos EUA solicitou um interceptador de grande raio de ação e de alto desempenho.

A companhia Lockheed, que até então nunca havia contruído uma aeronave militar, prescisava muito de encomendas naqueles tempos bicudos e agarrou-se com vontade às especificações, criando um avião revolucionário, cheio de inovações e que devolveu à aviação EUA a modernidade.

O P-38 teve um começo difícil, com diversos acidentes, problemas de funcionamento e desempenho abaixo do previsto, mas um dos protótipos realizou um vôo trascontinental com dois reabastecimentos que durou sete horas e dois minutos, um desempenho extraordinário para a época e que gerou encomendas pelo exército.

Apesar disso, seu desempenho em manobra de combate não tinha nada de excepcional com relação aos melhores caças dos outros países, e com relação ao seu principal oponente, o Zero japonês, era um pouco inferior, mas mesmo assim, foi o primeiro caça americano á altura de seus oponentes. O "ás dos ases" americano, major Richard I. Bong, obteve todas as suas 40 vitórias pilotando Lightnings.

O verdadeiro trunfo do Lightning foi sua versatilidade. Foi interceptador, escolta de bombardeiro, aeronave de ataque, bombardeiro tático, rebocador de planadores, reconhecedor tático, infiltrador de agentes e até ambulância (com duas cápsulas de padiolas).

Os P-38 tiveram importante participação na frente do Pacífico, sendo inclusive responsáveis pelo abatimento da aeronave que transportava o almirante Yamamoto, privando os japoneses de seu mais importante combatente.

Foi o único avião de combate dos EUA de antes da guerra a permanecer em produção até o final do conflito.
avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 14:34:29

Brewster
BUFFALO





Em 1935, a companhia Brewster, fundada em 1810 como fabricante de carruagens, aventurou-se no mundo da aeronáutica e conseguiu contratos da marinha para um bombardeiro de patrulha e para um caça baseado em porta-aviões.

O primeiro protótipo do Buffalo levou quase dois anos para ser desenvolvido, um tempo muito longo para a época, mas mesmo assim foi escolhido pela marinha para ser o seu primeiro caça monoplano. Na época de sua concepção era revolucionário, tendo sido vendido também para a Grã-Betanha e a Finlândia, mas ficou rapidamente obsoleto.

Mas apesar de ter participado de muitas batalhas onde se mostrou uma tralha infeliz, sua grande resistência lhes permitiu permanecer atuante, tendo inclusive participado da decisiva batalha de Midway, onde apanhou feio do Zero, mas conseguiu dar sua parcela de contribuição para a grande virada americana.

À despeito de sua mediocridade, os Buffalos tiveram uma vida agitada, com exemplares ingleses lutando contra a Alemanha e exemplares Finlandeses lutando contra os Aliados e até exemplares japoneses (capturados) lutando contra os americanos.

Como deixaram de ser fabricados em 1942, os exemplares destruídos deixaram de ser repostos, de modo que os Buffalos foram gradativamente "deixando o palco" até serem virtualmente extintos, não deixando lá muita saudade. Mas ganhou seu lugar na História americana como o caça de transição da era dos biplanos da 1º Guerra para os modernos monoplanos.

Os ingleses bem que tentaram de tudo para fazer do Buffalo um caça decente, melhorando o armamento e reduzindo a munição e o combustível. Mas o F2A permaneceu uma bela porcaria até o fim.
avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 14:36:54

Bell P-63
KINGCOBRA









Pouco antes de entrar na 2º Guerra, os EUA desenvolveram um avião bem diferente chamado P-39 Airacobra, com roda central dianteira e motor atrás do piloto, e que chegou a ser encomendada pela Grã-Betanha. Mas seu desempenho em combate era fraco, o que levou a Força Aérea a solicitar melhorias. Daí nasceu do P-63 Kingcobra.

Embora se parecesse com um P-39 com cauda diferente, na verdade o P-63 era bem diferente por dentro, o que ia de um motor mais potente até uma estrutura principal reprojetada, além de armamamento mais pesado, dentre outras melhorias desenvolvidas com base em experiência de combate.

Mas a guerra áerea, especialmente na Europa, se desenvolveu tão rápido que, embora a Bell tivesse feito um trabalho competente e rápido, o P-63 já estava ultrapassado ainda na fábrica, de modo que a Força Aérea Americana acabou por não comprar nenhum.

A história teria terminado aí, mas a União Soviética demonstrou interesse no projeto e recebeu mais de 2000 aparelhos, e o Kingcobra tornou-se muito popular na função de ataque ao solo, graças à estrutura robusta e à precisão de sua arma principal, um potente canhão de 37mm que disparava pelo eixo da hélice, capaz de destruir os resistentes tanques alemães ao acertá-los na parte de cima, onde a blindagem era mais fraca.

Mas, apesar de ter contribuído muito na Guerra contra os alemães na função de ataque, o Kingcobra nunca chegou a se destacar como caça.
avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 14:41:55

Mustang P51 Merlin





O Mustang-Merlin só participou de missões a partir de 1944, mas o fato de terem sido construídas mais de quinze mil unidades desta admirável aeronave a consagrou como um dos mais importantes caças aliados.

Como os EUA está geograficamente muito bem protegido e distante de seus inimigos manisfestos, viveu por um longo período sob uma falsa mas forte sensação de segurança, e por isso, costumava investir pouco em poder bélico.

Apesar de terem um indústria aeroespacial habilidosa, avançada e produtiva, os militares pateticamente se esqueceram de projetar caças, e quando ocorreu o ataque a Pearl Harbor, os EUA não tinham nada que se comparasse ao Bf-109 alemão, ao Spitfire britânico, ao Zero japonês ou ao Macchi italiano.

É surpreendente (no mau sentido) saber que, enquanto os infelizes pilotos americanos pilotavam aeronaves de madeira e tela, com trens de pouso fixo e motores de 750 cavalos de potência, as ferozes empresas americanas competiam no mercado civil com aeronaves de revestimento metálico, hélices de passo variável, flaps avançados e cabine pressurizada, com opções de motores com potência superior a 1.500 cavalos.

Mas os americanos foram competentes e, com seu até hoje inigualado poder industrial e científico, conseguiram rapidamente não só recuperar o tempo perdido, mas superar muitos de seus aliados e inimigos, talvez com exceção dos alemães e britânicos, e mesmo assim os superaram em volume de produção.

Apesar de terem criado caças terrestres excelentes, os americanos brilharam mesmo foi no campo dos aviões navais. O veterano Wildcat, apesar de considerado ultrapassado, lutou contra os formidáveis caças japoneses praticamente sozinho até 1943 e teve um desempenho inesperadamente bom, aguentando bem "as pontas" até que o Hellcat surgisse para superar seus inimigos. O Corsair, por sua vez, consagrou-se como o melhor caça embarcado, embora tenha estreado um pouco tarde, quando a balança da Senhora da Guerra já pendia para os aliados.

Durante a Segunda Grande Guerra, os EUA projetaram inúmeros protótipos de caças, e o fato de poucos terem sido produzidos é um testemunho favorável ao Mustang e Corsair, dois dos mais destacados caças de todos os tempos.
avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 14:45:21

VAMOS VOLTAR PARA O P 40

avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 15:00:39

avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por cineas em Sex 21 Ago - 15:21:50




Curtiss P-40, cavaleiros nos céus
Se passearmos pela longa lista dos aviões que combateram na 2ª Guerra Mundial, acabaremos por chegar, inevitavelmente, aos Curtiss. Deparamo-nos com três principais aviões: o Curtiss P-36 Mohawk, o Curtiss P-40 Tomahawk e o Curtiss P-40 Warhawk. Irei centrar-me nos P-40.

Oficialmente, todos estes Curtiss P-40 (havia muitos mais) eram chamados de Warhawk. No entanto, as forças inglesas e soviéticas dividiam-nos em três classes: os Warhawk, os Tomahawk e os Kittyhawk.
Apesar de ser um caça de pouca qualidade, comparado com os antecessores, o seu preço barato e a velocidade de produção compensavam, estando pois no “top five” de produção de aviões dos Estados Unidos. Foi produzido de 1938 a 1944, no final da guerra e serviu em inúmeros países.

Era, mesmo assim, o melhor caça americano na altura de Pearl Harbour, um caça de um lugar ou um caça bombardeiro.
Em geral os vários modelos não possuíam uma velocidade excepcional e estavam claramente abaixo, mesmo a níveis técnicos, do Fock-Wulf alemão e, certamente, da maioria dos caças alemães. Por outro lado, descobriu-se ser extremamente efectivo contra os Mitsubishi Zero japoneses.É um caça cheio de controvérsias, que foi enviado e produzido em muitos países (28). É também interessante notar que o nome escolhido para os aviões, Warhawk, é uma arma usada pelos nativos índios que habitavam a América, grandes cavaleiros. Quem diria que os seus machados voariam tão poderosos nos céus?


















P-40N-35-CU 44-7700
FAB Serial 4064

This P-40N was probably delivered to the Fuerza aérea de Brasil in the late 40s and is currently on display at the Museum Aerospacial, Campo dos Afonsos AB, Rio de Janeiro.


P-40N/44-7700






Espero que tenham gostado !!

cineas
avatar
cineas
Admin

Mensagens : 1633
Data de inscrição : 15/04/2009
Idade : 51

Ver perfil do usuário http://cineastv.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por Hawk914 em Sab 27 Out - 5:39:44

These images have been posted here without proper credits, so I have furnished credits.


Project 914 Archives (S.Donacik collection)



Project 914 Archives (S.Donacik collection)


Crop of above photo


Project 914 Archives (S.Donacik collection)



Project 914 Archives (S.Donacik collection)


Photo taken by my Dad... I ESPECIALLY disapprove of this being posted without proper credit.


N.Donacik photo ( © S.Donacik & the Donacik Family )


Fade to Black...

Hawk914

Mensagens : 1
Data de inscrição : 24/10/2012
Localização : USA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Curtiss P-40

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum